Enquete
Qual estação do ano você escolhe para seu casamento?
 
Primeiro Filho
A crise do primeiro filho

Sempre a muito tempo esperado ( até  pelos recém-casados ), o primeiro filho é recebido com alegria e sentimento de realização, mas obriga a mudanças de papéis e transformações na relação que podem até abalar o casamento.

Quando ele nasce tudo é festa, sorrisos, e todos tem suas esperanças renovadas, mas  também se produzem angústias, medos e irritações, com repercussão direta na harmonia do casamento. O bebê sempre causa mudanças na vida dos novos pais. É preciso refazer arranjos, mudar os papéis, sintonizar referências de infância, enfim, transformar o que era vida a dois em uma família. Nem sempre tudo isso é feito de forma pacífica. Ao contrário, o mais comum é que o processo provoque desequilíbrios e atritos.

Dependendo da dinâmica de cada relação e da personalidade do casal, as dificuldades serão mais intensas ou superficiais, curtas ou duradouras. Entender o que está acontecendo e dar ao problema sua devida proporção, a de uma fase de ajustes permanentes e naturais,  pode ajudar a superar a freqüente e muitas vezes menosprezada, crise do primeiro filho.

Poucos pais e mães estão preparados para a  revolução que o recém-nascido produz no casamento, que vai além das alterações de rotina e vida social. O que esperam é se transformar em personagens daqueles filmes onde a família é sempre harmônica e alegre. Os casais fantasiam que o bebê nasce e a relação se transforma em algo perfeioa. A vida real não funciona assim, as pessoas demoram  a se adaptar a esse novo contexto.

As mudanças do casal, em termos de hábitos e estado psicológico, começam antes mesmo do nascimento. A gestação é um período único e muitas vêzes assustador e desperta fantasmas adormecidos. Quando um casal se reune e inicia uma vida nova, carregam dentro da cada um a história de duas famílias, os desejos de repetir o que foi  bem-sucedido e corrigir os fracassos vivenciados, fazer tudo igual ou diferente de como fizeram seus pais. São duas histórias distintas, às vezes contraditórias, que interferem na construção dos novos papéis e se refletem até em detalhes aparentemente inofensivos, como o jeito de segurar ou banhar o bebê.

A natural inexperiência e a insegurança do casal contribue para aumentar a tensão e conturbar de vez a situação.

É preciso muita calma, paciência e muitas vezes ajuda da familia mais experiente, do pediatra ou de um terapeuta. Não tenha medo de buscar ajuda com esses profissionais.

 

 

Matéria publicada pelo C&Cia, para melhorar seu namoro, noivado, casamento, casamentos e ajudar as noivas e casais.



          

 Festas em Buffet Infantil
 Buffet Infantil
 Festas de Aniversário
 Festas de Aniversário
 Agressão nas escolas – o Bullying

                      Publicidade
Advertisement

Advertisement

Advertisement

Advertisement

               Guia de serviços
Anuncie no C&Cia

Anuncie no C&Cia

Anuncie no C&Cia

Anuncie no C&Cia


Calígrafos e Convites

Lista de Presentes