Enquete
Qual estação do ano você escolhe para seu casamento?
 
Queijos e Vinhos

Um encontro, com leveza e beleza, uma noite de Queijos e Vinhos é para acordar a todo momento.


 

As tábuas de queijos são deleitosas, para quem vai preparar a parte mais importante está na originalidade e na montagem, agrupando as cores e acentuando os contrastes. A possibilidade de combinações é ilimitada, dependendo de quanto se pode gastar e de suas prioridades na arte de obter sabores agradáveis.

Veja a matéria:      Fotos de muitos Queijos do Mundo

Utilizar um prato fixo ou rotatório, de preferência em madeira, onde possam ser colocados juntos vários tipos de queijo. Para se servir dos queijos deverão cortar em pedaços pequenos com a espátula, colocando junto aos pedacinhos de pão e levados à boca desta forma. Nada de garfo e faca.


 

Na quantidade 150 gramas para você (mulher) e 200 gramas para o convidado por tipo de queijo. Pode arriscar com 300 gramas por pessoa, se forem muitos tipos de queijos, vocês poderão se exceder e vão querer provar de muito mais qualidades devido aos sabores diversos.

A excelência da mesa de queijos e vinhos precisa de frutas. Escolha as  frutas da estação como maçã, pêra, uva branca e rosada. As frutas cítricas deverão ser esquecidas porque podem alterar o sabor e aroma dos vinhos. Elas também podem ser usadas como decoração, dão um toque exclusivo junto aos queijos. As frutas secas como damascos também combinam.

O pão é primordial, sua apresentação deve ser em tipos variados e colocados em cestos de vime. Escolha os pães sem temperos.

Use e abuse de: baguette, italiano, preto, integral, centeio, francês, caseiro de diversos sabores e sueco.  

As torradas são ótimas para acompanhar os queijos cremosos.

Calcule 150 gramas por pessoa descontando as torradas e pães mais durinhos.

 

Coloque pelo menos três tipos de pães na sua mesa: dois pães salgados, um escuro e um levemente doce com uvas-passa e tâmaras (ajuda a restabelecer o paladar e acentua o sabor dos queijos).

Os pães devem ser servidos inteiros, sendo partidos com as mãos ou cortados em pedaços a gosto de cada um com uma faca de pão ao se servirem.

Prepare uma sobremesa  leve, para fazer com que seu convidado perca o sabor do queijo, que só é agradável enquanto estamos degustando é uma ótima pedida.

Sugestões: sorvete de limão com gotas de cassis ou salada de frutas.

No final, o cafezinho, incrementado com chocolate de menta


Preparação da mesa:

Arrume em tábuas separadas: queijos de sabor mais forte, os de sabor médio em outra e na terceira os mais suaves. Facilita na hora de escolher.

Os queijos devem estar de preferência inteiros ou em pedaços grandes, sem encostar uns nos outros. Coloque também algumas bolinhas de manteiga sem sal em alguns pratinhos avulsos.

Veja a matéria:       Os melhores Queijos do Mundo

A mesa deve ser preparada para jantar americano, mas só usando pratinhos de sobremesa e faquinhas para os queijos cremosos e patês. Os outros queijos irão para a sua boca sobre pedaços de pão.


 

 

As taças de vinho branco, tinto e taças/flutes para champanhe ( são também usadas para o vinho rose). Coloque sobre mesa somente as taças que serão usadas.

Guardanapos, importantíssimos, saleiros e pimenta-do-reino. 
 

Quantidade e variedade dos queijos:

20% de queijos de mofo branco: o Camembert, o Brie e o Chamois D'Or.

20% de queijos de mofo azul: o Gorgonzola, o Chamois Bleu, o Crem'Azur e o Roquefort. 

15% de queijos tipo suíços: o Gruyère, o Fol Epi e o Maasdamer. 


 

 

20% de queijos suaves: o Gouda, o Itálico, o Saint Paulin, o Lou Palou e o Emmenthal.

15% de queijos de sabor forte: o Port Salut, o Parmesão, o Chavroux, o Provolone, o Cheddar e o Limberger. 

10% de queijos cremosos com sabores especiais: o Rambol nas versões Saumon, Fines Herbes, Provençale, Noix e Poivre Vert.

Veja a matéria:      Os mehores Queijos para servir

 

Coloque os queijos sobre cada tábua por tipos e com uma faca, para não confundir aromas e sabores.
    

Queijos Suaves -  Gouda, Minas, Petit-Suisse, Cobocó, Serra da Estrela,  Muzzarella, Itálico, Estepe, Savent-Paulin, Edan e os cremosos tipo Catupiry e os requeijões.

Queijos Médios - Gruyère, Emmenthal, Prato, Suíço, Serro, Caccia-Cavallo, Camembert, Dola, os fundidos: Cheddar , Brie, Chevre, Tête-de-Moine.

Queijos Fortes - Provolone, Port-Salut, Parmesão, Pecorino, Gorgonzola, Reino, Parmesão, Roquefort, Taleggio,Tilsit, e os chamados de bola ou de cuia.

Queijos chamados artesanais. Em francês a palavra é fermier, que vem escrita após a marca ou o tipo do queijo.


A combinação com os vinhos:

Brancos Suaves e médios - minas, ricota e boursin (massa mole)

Brancos secos leves - camembert e brie (massa mole, maturados por fungos na superfície)

Brancos secos médios -  gouda, estepe (massa firme, maturados).

 

Brancos médios encorpados - queijos de cabra.

Espumantes e brancos fortes - parmesão e pecorino

Tintos leves (característica de baixo teor alcóolico entre 10 e 11 graus) – gruyère e emmental (semiduros com buracos).

Tintos encorpados (característica com alto teor alcoólico entre 10 a 13,5 graus) - roquefort, gorgonzola port salut, limburgo e provolone.


 

Matéria produzida por Alma Casanova.


          

 Jantar Romântico no Dia dos Namorados
 Jantar do Dia dos Namorados
 Nonagenários voltam a se casar...
 Como escolher as bebidas para a Ceia de Ano Novo
 Traje a Rigor (Black Tie)

                      Publicidade
Advertisement

Advertisement

Advertisement

Advertisement

               Guia de serviços
Anuncie no C&Cia

Anuncie no C&Cia

Lista de Presentes

Anuncie no C&Cia

Anuncie no C&Cia

Calígrafos e Convites